Todas as Coisas são Lícitas...

Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas edificam. (1 Coríntios 10: 23).
Estas são algumas palavras do apóstolo Paulo a igreja de Coríntios, que tinha como objetivo alertar os irmãos sobre o perigo de determinadas atitudes, que, embora parecessem normais, poderiam trazer grandes prejuízos a vida cristã.
Creio que se Paulo estivesse aqui hoje acrescentaria a essas ações todas as atitudes que envolvem a celebre frase: "isso não tem nada haver".
Em ambos os casos estamos falando de procedimentos do cotidiano, que embora não possuam qualquer restrição aparente, acabam trazendo sérios problemas espirituais.
São aquelas pequenas escolhas que nos afastam da presença de Deus, mas que não são necessariamente um pecado. Coisas do tipo: passar horas na frente da TV; não desgrudar da internet; não sair do cinema, isso sem contar muitos outros atrativos que tiram a atenção das coisas espirituais.
É possível que alguém pergunte: “Essas coisas são pecado?”. É claro que não, entretanto, é preciso compreender que elas têm um poder de distração enorme e nos afastam, gradativamente, da presença de Deus.
O maior problema não está em fazê-las, mas no tempo exacerbado que se gasta em cada uma delas, esquecendo de buscar pelas coisas espirituais. O erro está mais na falta de prioridade em relação ao Reino de Deus.
É preciso haver um equilíbrio, na maioria dos casos até uma renúncia. Afinal, embora não sejam pecado, podem tirar o foco dos projetos e destruir todo um investimento, seja ele físico ou espiritual.
Todas as coisas são lícitas, mas nem todas edificam. Dessa forma, é preciso saber escolher aquilo que irá fazer, para não deixar de lado aquelas que são primordiais.

O desenvolvimento humano, em todas as áreas de sua vida, está intimamente ligado as suas escolhas e prioridades. Portanto, mesmo que algo não seja errado, ele pode não ser bom para o seu crescimento espiritual.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação