Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2016

AS ADVERSIDADES TRAZEM OPORTUNIDADES

Imagem
Diante dos conflitos enfrentados no dia a dia somos tentados a pensar em desistir dos projetos, planos e sonhos. Existem momentos em que as adversidades da vida são tão extremas a ponto de pensarmos em parar tudo, fugir, sumir.
Contudo, as adversidades não devem ser encaradas como meros empecilhos, mas como oportunidades de crescimento e desenvolvimento. É bem verdade, quando estamos no “olho do furacão”, temos a dificuldade em perceber as coisas a nossa volta. Todavia, não podemos deixar que o abatimento e os sentimentos de derrota abalem a nossa fé e nos tirem o foco do projeto estabelecido por Deus para nossas vidas.
As adversidades são grandes oportunidades. Elas tanto podem trazer prejuízos, como benefícios, tudo dependerá de como o indivíduo reage diante dos problemas. Ficar cabisbaixo, chateado, desmotivado trará uma consequência completamente diferente daqueles que levantaram a cabeça, sacudiram a poeira e procuraram aprender com os problemas.
Existe outro fator primordial em re…

A CENTRALIDADE DE CRISTO

Imagem
A centralidade do evangelho não está na bênçãos que iremos alcançar; não está nos ministros; não está nas testemunhas, muito menos em vontades humanas. Tudo isso pode até nos motivar, mas não é o centro.
A centralidade do evangelho está no Cristo ressurreto; no filho de Deus, que se entregou voluntariamente para morrer em nosso lugar. Sem Ele, nada do que foi feito seria possível.
Tirar os olhos da cruz de Cristo é perder a direção e seguir por caminhos tortuosos que só nos levarão a perdição.
Cristo foi, é e sempre será o centro do evangelho, autor e consumador da nossa salvação; o Alpha e o Ômega; o princípio e o fim de todas as coisas.

Pense sobre isso!

PAIS, MODELOS PARA OS FILHOS

Imagem
Nossos filhos não precisam que lhes digamos para serem cristãos, eles precisam que lhes ensinemos, com nossa vida, a ser um.
Eles não esperam que apontemos o caminho da adoração, mas anseiam que façamos com eles o trajeto até o trono da graça.
Eles não querem ser obrigados a fazer a leitura bíblica, mas desejam, ardentemente, que sentemos ao seu lado e viajemos pelas histórias bíblicas juntos.
Eles não querem ser obrigados a viver enclausurados em ordenanças, mas serem consumidos pela mesma paixão que nos consome.

O maior legado que podemos deixar para nossos filhos não é o da imposição de uma religiosidade fria, mas o calor da paixão e do anseio de nos relacionarmos com o Senhor Jesus. 
Pense sobre Isto!

O PONTO DE CONFLITO

Imagem
As pessoas não têm dificuldades em ouvir falar de Jesus;
Elas não ignoram seu poder para fazer milagres;
Elas creem que Ele é poderoso para curar as enfermidades; 
São capazes de ouvi-lo horas seguidas e até as esquecerem de comer;
Fazem festa quando Ele entra em algum lugar; 
Mas, diante da cruz zombam de sua figura;
Negam a sua amizade;
Traem a sua confiança;
Desviam do propósito; 
Perdem a alegria da salvação. 
A cruz sempre será o ponto de conflito entre Jesus e os homens, pois é ali que as vontades humanas, o pecado, são revelados. Mas a luz dissipa as trevas. Na cruz existe um encontro marcado com a humanidade.
Pense sobre isto!



A VERDADE RELATIVA

Imagem
Dizem alguns que a verdade é relativa, dependendo da pessoa; ocasião; lugar; cultura; religião, etc. Porém, isso não é a Verdade, mas sim pontos de vista.

A Verdade não é relativa, mas imutável. Ela não depende do local onde a pessoa vive, mas transforma o modo de viver das pessoas. Ela não pode ser modificada pela cultura, mas influenciá-la a uma nova postura. 
A Verdade é, sempre foi e será imutável.
Jesus é a Verdade e a vida!