A CENTRALIDADE DE CRISTO

A centralidade do evangelho não está na bênçãos que iremos alcançar; não está nos ministros; não está nas testemunhas, muito menos em vontades humanas. Tudo isso pode até nos motivar, mas não é o centro.

A centralidade do evangelho está no Cristo ressurreto; no filho de Deus, que se entregou voluntariamente para morrer em nosso lugar. Sem Ele, nada do que foi feito seria possível.

Tirar os olhos da cruz de Cristo é perder a direção e seguir por caminhos tortuosos que só nos levarão a perdição.

Cristo foi, é e sempre será o centro do evangelho, autor e consumador da nossa salvação; o Alpha e o Ômega; o princípio e o fim de todas as coisas.


Pense sobre isso!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação