Sementes têm Poder

Certa vez Jesus estava reunido com a multidão e começou a contar-lhes uma história sobre certo trabalhador, o semeador. Essa história  seria apenas mais uma dentre tantas outras se não fossem peculiaridades que a definem como única.
O Mestre conta que o semeador, sem nome, idade, local de nascimento ou família, saiu a semear a sua semente. É interessante notar que embora o semeador seja extremamente importante existe outra coisa nessa história que pode ser definida como a principal, dependendo do modo como fazemos à leitura do texto, que é a semente. 

Muitas pessoas passam à vida inteira dentro da igreja reclamando que a igreja não cresce, que a célula não cresce, que as pessoas têm o coração duro, que esta geração é uma geração incrédula, e que ninguém quer nada com Jesus. Em muitos casos isso pode até ser verdade, mais o grande problema não está no terreno, e sim no que fazemos com a semente.

Qualquer pessoa, por mais leiga que seja sabe que toda semente tem poder de crescimento, algumas podem até demorar mais tempo para crescer, mas todas elas germinam. Foram criadas para isso. 

O problema também não está no terreno, pois ele também foi criado para receber a semente, e segundo a própria parábola, a semente é capaz de crescer em qualquer lugar, até aquela que cai em meio à pedregais.

Se realmente pararmos para pensar sobre o assunto chegaremos à conclusão de que o problema está em nós, somos nós, que não semeamos, por vários motivos, mas não semeamos. Temos um monte de sementes guardadas em nossos depósitos espirituais que ainda não foram lançadas.

Alguns deixam de semear por medo, outros por ganância, outros por incredulidade, mas a verdade é que a culpa das pessoas permanecerem da mesma maneira é do semeador, que tem a semente e não semeia.

Quando falamos de sementes estamos falando da palavra de Deus, que assim como a semente, tem poder para crescer e depois frutificar. O problema é que temos mantido esta semente armazenada em recipientes fechados e nenhuma semente pode crescer se estiver guardada. Os recipientes são excelentes anuladores de semente.

Precisamos entender que cada vez que deixamos de pregar a palavra perdemos a oportunidade de ver o reino de Deus crescendo e vidas sendo transformadas pelo seu poder. Portanto, é tempo de lançarmos a semente para que possamos ver o Senhor mudando a vida de todos aqueles que estão a nossa volta.

Semear é um privilégio dado pelo Senhor a todos os que fazem parte do seu reino e que realmente desejam ver Deus mudando histórias e corações, portanto pare de reclamar que as coisas não acontecem, ou que as pessoas não se convertem e comece a semear a palavra dada a nós e deixe que o Espírito faça o restante.

A semente tem poder em si mesma, você não precisa se preocupar que ela dará fruto segundo o propósito que foi designado pelo Eterno. Apenas semeie a palavra.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação