EU PEQUEI


Sei que é muito fácil culpar os outros quando erram, difícil é assumir o seu próprio erro e confessar o pecado que cometeu. Essa atitude, normalmente, não é tomada pela maioria, que vive escondida atrás de uma cortina de falsidade.
Quando não confessamos o nosso pecado ficamos presos no mundo espiritual, carregando um fardo pesado e sem necessidade. O salmista declarou o seguinte: “Enquanto escondi os meus pecados, o meu corpo definhava de tanto gemer.” (Salmos 32:3).
É claro que o salmista não está falando apenas de uma doença no corpo físico, o que até pode acontecer, mas tudo leva a crer que seu maior problema era interiormente, pois o pecado gera uma acusação diária e mortífera, capaz de tirar a paz interior de qualquer indivíduo.
Alguns conseguem disfarçar sua angústia, fazer piadas, sorrir e viver uma falsa felicidade, mas a grande maioria sucumbe diante de sua realidade espiritual. A vergonha e o medo de não serem aceitos os fazem se esconder.
Essa atitude traz várias consequências ruins para a vida daquele que errou, pois não soluciona o problema, além de acarretar muitas outras consequências que podem piorar sua situação.
A melhor forma de enfrentar esse mal é assumindo a sua culpa, declarando que errou, apontando o seu erro e pedindo perdão a Deus pela sua falha. Essa atitude traz cura e libertação, além de restaurar a aliança com o Senhor, quebrada por causa do pecado.
O Salmista continua dizendo: “Então reconheci diante de ti o meu pecado e não encobri as minhas culpas. Eu disse: ‘Confessarei as minhas transgressões ao Senhor’, e tu perdoaste a culpa do meu pecado.” (Salmos 32:5).
Quando um pecador chega diante do Eterno, confessando sua culpa pelo pecado, o Senhor responde prontamente liberando sua vida de toda condenação. O arrependimento gera cura completa no mundo espiritual.
Portanto, ao invés de se esconder atrás de uma máscara de falsa santidade, quebre o seu orgulho, exponha sua vergonha e confesse o seu pecado, pois o Senhor ama quando nos chegamos a Ele dizendo: “Pai me perdoa, pois eu falhei contra o Senhor, me perdoa porque Eu Pequei...”

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação