O ALVO PRINCIPAL


O homem vive em busca de vários objetivos todos os dias. Parece incansável por alcançar novos propósitos, projetos e sonhos e acaba se esquecendo daquilo que realmente faz a diferença.
Não que seja errado buscar essas coisas, o problema está em colocá-las à frente daquilo que realmente importa. Digamos que estão deixando de lado a prioridade, para tentar alcançar o secundário.
Jesus ensinou o seguinte: “Mas, buscai primeiro o Reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6: 33). Segundo o Mestre, devemos buscar primeiro aquilo que realmente importa, deixando em segundo plano a busca pelas demais coisas.
Quando Ele disse isso não estava querendo diminuir a responsabilidade da busca pelas coisas naturais do mundo, queria apenas restabelecer o projeto inicial, deturpado pela queda do homem no jardim do Édem.
Fomos criados para nos relacionarmos com Deus, esse sempre foi o alvo principal. Estar em constante relacionamento com o Eterno é o maior de todos os objetivos, qualquer coisa fora desse projeto leva a direção errada.
O problema é que buscamos várias coisas durante a vida, queremos alcançar vários objetivos, almejamos sempre àquilo que é secundário e deixamos de as prioridades, o alvo principal.
É por isso que muitas pessoas estão perdidas, insatisfeitas com tudo, em depressão e muitos outros problemas que perturbam a vida humana. Tudo porque perderam o foco e agora vivem em completa infelicidade, em busca de algo capaz de saciar suas carências físicas, emocionais e espirituais.
Mas, como disse Jesus, a única forma de alcançar a plenitude na vida é buscando, em primeiro lugar, o Reino de Deus. Em outras palavras, a vontade de Deus deve estar sempre no lugar mais importante de nossas vidas.
É preciso redefinir nosso alvo principal. Para isso, torna-se necessário reorganizar nossas prioridades, refazer nossos objetivos e colocar o Reino de Deus acima de nossas próprias vontades.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação