Deus não está Alheio ao seu Sofrimento


Falar sobre o sofrimento humano é complicado, são tantas hipóteses, argumentos e indagações que fica difícil estabelecer um padrão de resposta correta. Aliás, há muito tempo pessoas de todas as religiões, cientistas, sociólogos, etc. tentam desvendar o grande mistério do sofrimento humano.
No campo da religião, uma boa parte utiliza o livro de Jó, na tentativa, algumas vezes obcecada, de responder a esse mistério. Mas, diga-se de passagem, ninguém nunca chega a lugar algum.
 A verdade é que não temos uma resposta concreta sobre o assunto, podemos apenas especular as causas, mas nunca dar a certeza do seu real propósito.
Mas, podemos procurar responder outras perguntas que se fazem necessárias, por exemplo, “como enfrentar o sofrimento?”; “onde encontrar conforto?”; “o que fazer em meio às dificuldades da vida?” Essas, e outras perguntas, são importantes em nossa trajetória.
A melhor maneira de enfrentar o sofrimento é através da fé, tendo a certeza de que Deus, em sua infinita misericórdia, está olhando por nós e trabalhando, com o propósito de aniquilar o nosso sofrimento. Aliás, foi Ele mesmo quem prometeu um dia acabar com todo sofrimento humano, dando-nos um alívio eterno.
Confiar em sua provisão é uma das formas mais eficazes de ultrapassar as barreiras levantadas pelo sofrimento, pois a fé traz consolo e esperança de que dias melhores virão.
Por falar nisso, é a convicção de que existem dias melhores preparados o motivador da nossa caminhada. Pensar sobre isso nos faz tirar os olhos da dificuldade, olhar para o futuro e desejar alcançar aquilo que foi prometido pelo Eterno.
Alguns, no auge de sua dor, acabam sucumbindo diante do sofrimento implacável que lhes abate a alma. Mas, olhar para o Criador, crendo que Ele é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo que pedimos ou pensamos, é capaz de confortar o espírito, arrancando as incertezas e renovando a .
Sei que existem momentos onde as trevas parecem tão densas que você não consegue enxergar um palmo a sua frente, mas lembre-se da palavra de Deus dizendo: “Eis que a mão do SENHOR não está encolhida, para que não possa salvar; nem agravado o seu ouvido, para não poder ouvir” (Isaías 59:1).
Deus habita com os de coração contrito, confiam em sua palavra e creem que Ele é poderoso para resolver todos os seus problemas. A única coisa que Ele pede é total confiança em sua palavra e rendição a sua vontade.
Não importam quais são os problemas que você está enfrentando, se o sofrimento é grande ou pequeno, o Eterno estará sempre ao seu lado, ouvindo a sua voz e respondendo as suas orações.
Deus nunca abandona seus filhos, Ele sempre cuida do bem estar deles, ainda que as circunstâncias pareçam contrárias e a sua voz não possa ser ouvida. O silêncio não significa que Ele se esqueceu de você. Deus não está alheio ao seu sofrimento.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação