O "Não" é uma Ferramenta de Transformação


O homem tem a tendência de querer que tudo saia da maneira como imaginou. Não sei se você já percebeu, mas ele não gosta de nada que contrarie sua vontade. Se alguém responde o que não queria ouvir gera desconforto, briga e inimizade.
Poucas pessoas são versadas na arte de saber ouvir o não, mas a grande maioria permanece completamente frustrada todas as vezes que ouve essa pequena palavrinha de apenas três letras e um sinal gráfico.
O que a maioria não percebe é que ela também é um dos maiores instrumentos para moldar o caráter de uma pessoa. Pois, ela confronta justamente aquilo que é mais difícil de ser amaciado em um indivíduo, seu ego.
Todas as vezes que alguém é contrariado, sendo levado inclusive a deixar de lado suas próprias vontades, há um confronto interior que leva a repensar sobre os conceitos que se formaram em seu interior. E dai surgem as transformações.
Na grande maioria dos casos acontece do indivíduo deixar de praticar tudo aquilo que vem destruindo seus relacionamentos e até mesmo seu caráter. Salvo aqueles que permanecem irredutíveis em se deixar ser tratado.
O problema real não está no desconforto quando se houve essa palavra, mas na maneira como se reage diante dela. Se ao ouvi-la o indivíduo se sente confrontado, mas ele procura entender o porquê daquela palavra, ele irá buscar melhorar para que possa ser aceito em uma próxima oportunidade.
Caso contrário, assumirá a posição defensiva, agredindo e magoando todos que estão a sua volta, demonstrando orgulho e raiva contra aqueles que se opuserem a sua vontade. Na maioria dos casos a crise de violência é uma reação ao “não” que ouviu.
É claro que existem pessoas que também são incapazes de ouvir a palavra "sim", ou qualquer outra palavra encontrada em nosso vocabulário. O que estamos querendo apontar é a dificuldade que algumas pessoas têm em serem contrariadas, ou confrontadas.
Portando, saber ser contrariado faz parte da experiência humana em direção à busca pela transformação. Essa é uma luta diária, que depende da abertura de coração, ou seja, do desejo individual que cada um tem na grande busca pela perfeição.
Nem mesmo o soberano Deus invade o direito que Ele mesmo delegou ao homem de querer ou não ser transformado. Isso foi, e sempre será, um privilégio dado pelo Eterno a cada indivíduo.
O mais importante não é apenas como você reagirá ao ouvir o "não", mas qual será sua posição diante desse confronto. O que fará depois determinará seu nível de crescimento, tanto espiritual quanto emocional, e o preparará para novas jornadas em sua vida.

Comentários

  1. Paz do Senhor!

    Confesso, que não li o post, mas comentei simplismente para lhe dar os parabéns: O blog está muito lindo, bem organizado, Parabéns Hein?

    Que Deus continue te abençoando, e saiba que eu sempre passo por aqui! rs

    Paz do Senhor
    http://geracaoirreversivel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá Raquel, espero que possa ler a matéria, está interessante.

    ResponderExcluir
  3. OI Juanito, muitos não percebem essa verdade sobre receber um não se na vida. Se só desejamos receber sim as possibilidades de crescermos é minima pois crescemo muito mais com os nãos como disse o seu titulo ele é uma ferramenta. Gosto muito e creio em Rm 8:28 quando diz que todas as coisas cooperam par o bem daqueles que amam a Deus e o não faz parte de todas as coisas.

    Muito bom teu texto

    Uma boa noite

    ResponderExcluir
  4. Isso é uma verdade, se todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam o Senhor, então o não faz parte desse processo.

    ResponderExcluir
  5. Quem se abriga em Deus não necessita da palavra. Basta um suspiro dirigido a Deus, e Deus o ouvirá

    Reflita nisto e tenha um ótimo dia.Deus te abençoe a cada instante de sua vida!

    Bjus Fernanda

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação