Medo da solidão


Existem milhões de pessoas no mundo buscando incessantemente estar perto de outras pessoas. Elas estão dispostas a tudo para que possam ser aceitas nos grupos sociais a qual pertencem.
Com medo de serem rejeitadas cometem todo tipo de delito. Mentem, armam, inventem e jogam membros do grupo uns contra os outros. Tudo com objetivo de não ficar sozinho, ou sozinha.
O medo da solidão é o motivador, a mola mestra, que impulsiona os tipos de atitudes que governarão a maioria dos relacionamentos. Para fugir dela as pessoas se utilizam de diversas estratégias para conseguir manipular aqueles que estão a sua volta, a fim de que permaneçam rodeados de pessoas.
Normalmente, aqueles que manipulam, ou fazem qualquer outra coisa para não perder a presença dos outros a seu redor, nem mesmo percebem que estão agindo dessa forma, pois tal atitude é uma arma de defesa utilizada para autoproteção. O medo da solidão é algo tão profundo que muitas pessoas deixam de lado fundamentos preciosíssimos para não ficar sozinho.
O problema está justamente no fato das pessoas procurarem resolver o problema da solidão utilizando-se de atitudes errôneas. Cada vez que uma pessoa age quebrando princípios para tentar cativar as pessoas a sua volta ela acaba distanciando-se cada vez mais.
Outro fato importante é que na grande maioria dos casos a solidão é uma das manifestações do complexo de rejeição que o indivíduo carrega. São síndromes causadas por traumas do passado que acompanham o indivíduo, gerando medo em seu coração.
A desconfiança e o medo de ser abandonada também são sentimentos constantes na vida das pessoas que vivem presas pelo medo da solidão. A todo o momento elas são tentadas a pensar que não são amadas e que a qualquer instante serão abandonadas por aqueles que estão a sua volta.
Uma das consequências desses sentimentos é o ciúme doentio que o indivíduo passa a cultivar quando se sente amado por outra pessoa. Com medo de perder acaba exagerando nas atitudes superprotetoras e na forma de conviver com aqueles a quem ama.
Poderíamos escrever várias outras reações, sentimentos e atitudes das pessoas que vivem presas pelo medo da solidão, mas o que precisamos realmente nos ater é nas possibilidades de cura daqueles que vivem enclausurados por esse sentimento.
Deus não criou ninguém para viver sozinho, quando Ele formou o homem, criou também uma pessoa que estaria ao seu lado para suprir essa solidão. Mas, quem vive esse complexo acaba não conseguindo perceber que existem pessoas a sua volta que estão dispostas a suprir essa necessidade.
Portanto, torna-se extremamente necessário que tal indivíduo se deixe tratar pelo Eterno, aceitando a cura que vem do seu trono de glória, para que possa experimentar a verdadeira alegria de viver em comunidade e ao lado de outras pessoas.
Para ser curado é necessário que o indivíduo aceite que precisa de cura, e deixe que Jesus entre em seu coração, suprindo as necessidades afetivas e curando-o de toda ferida guardada em seu interior e que vem causando esse complexo de rejeição que o atormenta.
O Messias deseja que você tenha um coração completamente livre, cheio de graça e amor. Ele também espera que você seja transformado para que possa desfrutar da alegria de estar perto de outras pessoas.
Você tem duas escolhas, a primeira é de buscar a cada dia sozinho maneiras de vencer, embriagando-se cada vez mais no vinho da solidão. E a segunda é abrir seu coração, permitindo que a cura entre, trazendo alegria e paz em seu interior.

Comentários

  1. Olá Juan


    Solidão é um estado de espirito então de nada adianta nós apelarmos e medicarmos por atenção estaremos rodeados de pessoas,mas continuaremos sozinhos.

    Um Abraço

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação