O Valor de Um Homem é Definido Pelo que Ele É

Quando olhamos para o mundo a nossa volta podemos perceber o quanto o homem tem andado afastado de Deus. As pessoas parecem estar se distanciando, gradativamente, do Eterno.
Há uma busca incessante, e desenfreada, por alcançar conquistas materiais. Já não existe mais, pelo menos para maioria, prazer em buscar fazer a vontade do Senhor, não há desejo de busca pela sua Palavra, ou pela sua presença.
Cada indivíduo está preocupado em satisfazer seus próprios interesses. Todos querem apenas alcançar novas conquistas, mais dinheiro, casa, carro, enfim, bens materiais de todos os tipos, para todos os gostos, como se isso fosse durar eternamente.
O problema é que quanto mais se tem, mais se quer. O produto novo de hoje já é o ultrapassado de amanhã, e quando se olha para trás fica o vazio de ter alcançado algo que já não tem mais tanto valor quanto a alguns instantes.
Nessa busca por ter, as pessoas acabam esquecendo-se da importância do ser. Que a real fortaleza do homem não está escondida em suas posses, em seus bens materiais, mas em quem realmente são em Deus.
A falta de percepção, de conhecimento próprio, tem gerado um dos piores males que a humanidade já conheceu, a chamada depressão. Por causa da busca desenfreada pelo ter a maioria das pessoas acaba entrando em crises existências que bombardeiam suas próprias convicções, jogando o indivíduo em um mar de desilusão e solidão.
O ter faz com que o homem esqueça a importância do ser, faz com que se esqueça do real valor que tem como ser humano, levando-o a olhar para si mesmo, e para os demais, como um simples objeto, como mais um número na multidão.
Em contraste com essa realidade está a Palavra de Deus, que coloca o homem em seu real patamar. Através dela sabemos que o homem é a parte mais importante de toda criação. Seu valor não se define pelo que tem, mas pelo que realmente é.
Por isso Jesus disse que devemos buscar em primeiro lugar o reino de Deus e sua justiça, pois, dessa forma, as demais coisas seriam acrescentadas. Seu objetivo era passar para o homem a importância de se buscar a sua verdadeira essência, aquilo que tem poder para saciar a sua sede, que satisfaz sua busca incessante na longa estrada da existência.
O homem foi criado para viver com seu criador, tudo aquilo que vem para destruir esse relacionamento pode até satisfazer seus desejos naturais, mas não é capaz de completá-lo, de trazer a plenitude de realização em sua vida.
A busca incessante de bens apenas o fasta da realidade espiritual, que é muito mais evidente do que tudo aquilo que possa adquirir. Por esse motivo muitas pessoas têm tudo que sempre buscaram, mas ainda existe um vazio que nada consegue completar. Falta à essência, falta à comunhão com o Criador, o relacionamento com aquele que pode levá-lo a mais importante conquista, que é saber quem realmente é, porque está aqui e para onde irá.
O ser é mais importante do que o ter, pois leva o homem a compreender sua real importância no mundo em que vive. A certeza de quem é pode de levá-lo a buscar aquilo que realmente o satisfaz na essência. O valor de um homem é definido pelo que ele realmente é.

Comentários

  1. COM TODA CERTEZA!!!!!!!!!!!! E PRINCIPALMENTE NA COMUNIDADE JUDAICA - HEBRAICA: POIS O NOME TEM UM SIGNIFICADO DO CARÁTER DA PESSOA!!!! E POR ISSO MESMO PROCURO PELO NOME DO CRIADOR! POIS ISSO REPRESENTA SEU CARÁTER PESSOAL E INTRANSFERÍVEL!!!!!! OK.!SE O CARÁTER DE UM HOMEM REPRESENTA O QUE ELE É....!!!! E PRO POVO HEBRAICO O NOME TEM A MESMA FORÇA.....ENTÃO ISSO É DE MÁXIMA IMPORTÂNCIA PARA O MEU CARÁTER QUE PROCURO HONRAR O MESMO: 'ULHIM YAHU! (O CRIADOR) ETERNO SUPREMO YAHU - ESSE É O MEU CARÁTER E A MINHA FORMA DE PENSAR! ISSO É EXCLUSIVO.....POR ISSO NÃO POSSO DE FORMA ALGUMA IMPOR AOS OUTROS! ISSO É O MEU SER MEU CARÁTER E O MEU PENSAR QUE ME MOVE PARA SALVAÇÃO!(PROCURAR SEU NOME VERDADEIRO!). ANSELMO ESTEVAN. PARABÉNS PELA POSTAGEM!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação