Usando a Sinceridade como Arma

Você já se deparou com aquelas pessoas que dizem as coisas com a desculpa de que estão sendo sinceras? Você já ouviu a frase: "todo mundo sabe que só falo ou faço isso porque sou sincero?"
Parece que as pessoas dessa geração vêm banalizando determinadas atitudes para defender e satisfazer seu próprio ego, utilizando-se da sinceridade para ofender e acusar outras pessoas como se isso fosse algo normal.
Há alguns dias me deparei com uma situação onde determinada pessoa falava asperamente com outra e no final ainda dizia que estava falando daquela maneira por ser uma pessoa muito sincera e que não podia esconder aquilo.
Não questionamos o fato de o outro estar errado, mas a maneira como essa sinceridade foi usado é onde está o problema. Isso porque o indivíduo esperou que juntasse bastante gente para depois falar com a pessoa do seu erro como se estivesse esperando alcançar um bom ibope.
Também não estamos falando da sinceridade característica daqueles que tem coração puro, e que utilizam essa atitude para levar refrigério e cura para todos que estão a sua volta, mas sim dos aproveitadores que fazem de tudo para aparecer e não perdem a oportunidade de tentar destruir aqueles que estão a sua volta.
Quer dizer então que agora em nome da sinceridade podemos maltratar, acusar e humilhar aos outros como se isso fosse algo normal? Que tipo de pessoas são essas? Esse não é o ensinamento de Cristo, aliás, ninguém nunca viu o Senhor acusando alguém por causa da tal sinceridade, pelo contrário, Ele sempre foi exemplo de tratamento e respeito.
Outro fato importante é que algumas pessoas também utilizam da sinceridade para justificar seus próprios erros. Dizem que realmente erraram, mas que pelo menos estão sendo sinceros e reconhecendo. Amanhã voltam a fazer a mesma coisa ou algo pior e voltam a justificá-lo através da sua sinceridade.
Ser sincero e dizer que errou não muda o fato de ter errado, a única coisa capaz de apagar o erro de uma pessoa é quando ela se arrepende genuinamente, deixando de lado a prática pecaminosa e seguindo os mandamentos do Altíssimo. O que passa disso é autoafirmação e marketing pessoal.
Quem utiliza da sinceridade para atacar outras pessoas ou justificar seus próprios erros na verdade são falsos, são verdadeiros lobos em pela de cordeiro, espreitando para tentar destruir as vidas e alcançar algum tipo de benefício pessoal.
A sinceridade verdadeira é fruto de um coração puro, que tem como único objetivo levar a pessoa para quem está fazendo a crítica ao conserto, assim como também não é a forma de justiçar-se, mas sim a expressão do seu coração que declara precisar do perdão e da graça do Senhor para ser curado e liberto de suas mazelas.

Comentários

  1. Parabens, pastor, é muito comum se ouvir, eu sou desse jeito e voces tem que me aceitar assim, sou sincero, enquanto isso, estão matando aqueles que estão começando a dar os primeiros passos com o Senhor. Deus ti dee muita sabedoria.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação