Quebrando as Cadeias

Você já pensou em sair de casa e descobrir que seu portão está trancado por um cadeado que não é o seu? Como você se sentiria ao saber que algum engraçadinho passou a noite e trocou seu cadeado sabe-se lá por quê? Isso é o que tem acontecido com os moradores da cidade de Cravinhos, no interior de São Paulo.
O que parece uma brincadeira por parte dos marginais, para quem não sabe esse tipo de coisa é crime, vem causando constrangimentos e muitas reclamações por parte da população da cidade. Isso porque, muitas pessoas têm perdido compromissos importantes ao descobrir que estão trancadas dentro da própria casa sem poder sair.
Até conseguir abrir ou arrombar o cadeado já se passaram alguns minutos importantíssimos, isso quando não é necessário esperar a boa vontade de alguém para abri-lo por não ter as ferramentas necessárias para fazê-lo.
O mais interessante é que muitas vezes esse tipo de coisa também acontece na vida sentimental das pessoas. Elas vivem trancadas em seu coração por causa da atitude de outros indivíduos que lhes causaram dor, mágoa, rancor, ódio e decepção.
Existem inúmeras pessoas  que estão com a porta dos seus sentimentos trancada por fora porque em algum momento de suas vidas, por uma pequena distração ou deslize, alguém colocou um sentimento, que agora funciona como cadeado e que impede a pessoa de sair, de ser feliz. Para essas pessoas, é como se alguém estivesse passado à noite perto do seu portão, trocado os cadeados e as trancado lá dentro impedindo sua passagem.
São pessoas marcadas por frustrações, decepções, rancor, raiva, ódio e insegurança. Elas não conseguem manter nenhum tipo de relacionamento, vivem trancadas em seu mundinho interior alimentando sentimentos como depressão, todos os tipos de fobia, ressentimento e solidão. O pior é quando já estão acostumadas a essa situação e começam agir impedindo que outros possam ajudá-las a sair.
Mas existe uma esperança. A Bíblia diz em Isaias o seguinte: “Eu, o Senhor, te chamei em justiça, e te tomarei pela mão, e te guardarei, e te darei por aliança do povo, e para luz dos gentios. Para abrir os olhos dos cegos, para tirar da prisão os presos, e do cárcere os que jazem em trevas.” (Isaias 42: 6, 7).
Essas palavras apontam para obra que o Messias realizaria na vida das pessoas cativas pelas obras do maligno. Se observarmos todo o contexto veremos que Deus enviou Jesus ao mundo para libertar os cativos.
Portanto, as pessoas não precisam viver presas, cheias de sentimentos ruins que só servem para destruir suas vidas e bloquear seus relacionamentos. Cristo veio para que a humanidade pudesse ser livre, para que a alegria de Deus invadisse os corações trazendo vida em abundancia.
Ele veio para quebrar as cadeias e pegar os cadeados colocados nos corações pelo inimigo, destruí-los e trazer completa liberdade a todos os que desejarem alcançá-la. Não importa quanto tempo esteja preso por esses sentimentos, o que importa é que Jesus veio para libertá-lo.

Comentários

  1. Quem Ama Jesus,é Sempre Feliz...
    Independentemente das adversidades
    e circunstâncias.Deus Abençõe.

    ResponderExcluir
  2. muito boa a palavra ministrada

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação