Troca de Valores

Vivemos um tempo em que a troca de valores tem sido algo natural. Parece que a humanidade perdeu completamente o pudor, agindo de forma descontrolada. Se há alguns anos a sociedade vivia regrada por valores que direcionavam o modo de viver e agir das pessoas, hoje eles já não existem mais.
Por esse motivo encontramos indivíduos completamente envolvidos com práticas degradantes, que levam a destruição pessoal, além de atingir também a família e a comunidade onde vivem.
Essa degradação tende a piorar à medida que o ser humano vai transformando em natural, em comum, as práticas pecaminosas que até então eram combatidas de forma veemente pela igreja e por grande parte da sociedade.
O Senhor Jesus disse: “e, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará.” (Mateus 24: 12). Ao observar o contexto pode-se perceber que Ele estava fazendo referência aos últimos dias, quando o tempo de sua volta estivesse se cumprindo. Em termos simples, a iniquidade é justamente essa quebra de valores, para ser mais específico é quebrar as leis, é quando o homem deixa de fazer aquilo que é certo para praticar o errado.
É nesse momento que a sociedade começa a trocar os valores, aceitando como natural tudo aquilo que a palavra de Deus condena. O maior problema é quando isso começa a atingir a igreja, contaminando os santos para que vejam como normais as práticas cometidas pelo mundo.
A igreja não foi levantada para fazer a mesma coisa que o mundo faz, mas para ser o reflexo da glória de Deus. Ela tem a responsabilidade de manter os padrões morais ainda que todo o mundo a sua volta os perca. Pesa sobre ela a responsabilidade de ser luz em meio às trevas.
Não basta fazer parte de uma comunidade, é preciso assumir a responsabilidade e pregar os valores estabelecidos pelo Eterno. A Bíblia está repleta de ensinamentos onde os discípulos de Jesus são encorajados a se tornarem  padrão para uma sociedade que caminha para completa degradação moral.

Comentários

  1. É nesse momento que a sociedade começa a trocar os valores, aceitando como natural tudo aquilo que a palavra de Deus condena. Infelizmente essa onda de pecado e perdas de valores tanto ético,quanto morais estão empurrando as portas das igrejas,devemos vigiar para que não caiamos em descredito e envergonhando o Evangelho.
    paz do senhor

    ResponderExcluir
  2. Com certeza Nágila, precisamos tomar uma postura diante desses fatos.

    ResponderExcluir
  3. Por isso precisamos viver a metanóia com o ES diariamente.

    ResponderExcluir
  4. Vós sois as minhas testemunhas, diz o SENHOR, e meu servo, a quem escolhi; para que o saibais, e me creiais, e entendais que eu sou o mesmo, e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá.
    Eu, eu sou o SENHOR, e fora de mim não há Salvador.
    Eu anunciei, e eu salvei, e eu o fiz ouvir, e deus estranho não houve entre vós, pois vós sois as minhas testemunhas, diz o SENHOR; eu sou Deus.
    Ainda antes que houvesse dia, eu sou; e ninguém há que possa fazer escapar das minhas mãos; agindo eu, quem o impedirá?

    ResponderExcluir
  5. E eu fico de boca aberta quando,um cristão simplesmente ignora,que ele pode e deve ser santo.
    a santidade esta ao alcance daqueles que creem.mas os valores do mundo esta falando mais alto na vida de muitos.E o reino de Deus e a sua justiça esta ficando em segundo,ou até mesmo em terceiro plano.que pena.

    ResponderExcluir
  6. Quando alguns pastores garante casa própria e outros bens em troca de ofertas é um mal sinal.

    ResponderExcluir
  7. O mundo deveria copiar a igreja, ser como ela
    mas ao inves disso, vemos a igreja(algumas pessoas de lá) copiar o "modus vivendi" do mundo

    ResponderExcluir
  8. É Jam, e infelizmente a igreja não está fazendo seu papel.

    ResponderExcluir
  9. Parabens pelo blog, e aqui deixo o link do meu para assim fazer-mos parceria, estou lhe seguindo e adicionando seu banner no meu blog.
    http://ministeriosemeandopoder.blogspot.com/search/label/Parceria

    ResponderExcluir
  10. Esse é o tempo que se inicia a apostasia, em que teremos duas igrejas uma nominal, e a outra real, epoca em que os verdadeiros pagaram o preço por seguirem a Jesus Cristo.
    Muito boa sua colocação, que o Senhor o abençoe

    ResponderExcluir
  11. Também é o tempo em que conheceremos aqueles que realmente estão disposto a seguir o Mestre sem hipocrisia, interesses ou comodismo.

    ResponderExcluir
  12. Não vos conformei com este mundo, antes abraçai a caridade e a paz a justiça que nosso senhor por sua misericordia implantou na humanidade

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

A Quebra de Princípios Gera Condenação