As guerras são um sinal profético da volta de Jesus.

Os últimos dias têm sido marcados por tensões. Temos acompanhado estarrecidos as notícias que chegam sobre o oriente médio. Em poucos dias revoluções tem tomado conta de diversos países trazendo sobre o mundo um clima de guerra que a muito não se via.
Se fizermos uma análise detalhada dos últimos anos veremos que essa explosão de guerras e rumores de guerra vem tomando conta do planeta. Diversos países, inclusive na América Latina, se insurgiram causando desconforto e desconfiança na população mundial.
O que temos visto pelos telejornais são guerras civis em busca de liberdade e democracia, em alguns casos desavenças pessoais, partidárias ou comerciais também fazem parte do pano de fundo, mas os reais motivos para essa confusão global vão muito além das defesas dos interesses dos países em questão.
Se observarmos as palavras de Jesus, antes de ser preso e crucificado, perceberemos que tudo isso já estava profetizado, portanto o seu cumprimento tem como objetivo apontar para volta do Messias.
Em Marcos capítulo treze versículo sete lemos o seguinte: “E, quando ouvirdes de guerras e de rumores de guerras, não vos perturbeis; porque assim deve acontecer; mas ainda não será o fim.”
Ao fazermos uma análise do contexto dessa passagem notaremos que o Senhor está respondendo a uma pergunta feita pelos seus discípulos sobre o tempo em que se cumpririam as profecias referentes ao fim dos tempos. Nesse momento Yeshua relaciona vários acontecimentos que seriam sinais apontando fixamente para sua volta.
Embora os mais incrédulos argumentem que sempre se ouviu falar de guerras à verdade é que nunca ouve em toda história uma incidência tão grande de confrontos, sejam eles civis ou militares, como temos visto nesses últimos dias.
Todos esses conflitos mundiais são apenas o cumprimento das profecias, os sinais de que Jesus está à porta aguardando apenas a ordem do Eterno para que a trombeta seja tocada e se cumpra o projeto do seu coração de voltar para buscar a sua igreja. As guerras no mundo são apenas mais um sinal profético de que ele voltará.
Portanto, precisamos estar preparados, com nossos corações e mentes completamente voltados para o Senhor, pois quando Ele voltar buscará apenas aqueles que decidiram por fazer e viver uma aliança verdadeira com Ele.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação