Controle a Língua

O ser humano precisa aprender a ouvir mais e falar menos. Precisa deixar de seguir impulsos inflamados por sentimentos obscuros e aprender a ouvir a voz de Deus em todas as situações.
Se pequenas observações fossem feitas, antes da tomada de qualquer decisão, muitos problemas seriam solucionados antes mesmo que viessem a ocorrer.
Muitos usam a desculpa de que não são aceitos porque falam o que pensam. Mas, na verdade, o problema não está em falar, mas no que se fala, como se fala, para quem está falando, à hora de falar e para quem está falando. O problema surge quando dizemos algo motivado pela impulsividade, sem filtrar as palavras, despejando um caminhão de lixo em cima de quem está ouvindo.
Infelizmente, quem mais sofre com esse tipo de atitude são os familiares. Afinal de contas, todas as frustrações são lançadas sobre eles, como se fossem depósitos de toda revolta que estamos sentindo. Em seguida, vêm os amigos, colegas de trabalho, etc.
Precisamos aprender a controlar a impulsividade da nossa alma, falar somente o necessário e, acima de tudo, ter a prudência de dizer somente àquilo que é realmente necessário, sem utilizar a situação para despejar o lixo das nossas frustrações sobre outros.

Controlar a língua é um grande desafio da humanidade. Entretanto, é essencial para que possamos ter sucesso em nossos relacionamentos. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação