O Perigo da Interpretação Errônea


As pessoas costumam ter reações difíceis de entender. Quantas vezes falamos algo e o outro interpreta de uma maneira completamente diferente daquela que realmente era a nossa intenção.
Isso acontece com todo mundo. Se observarmos a história, notaremos como até mesmo os grandes ícones sofreram com esse problema.
Isso acontece por vários motivos. Um deles é porque toda interpretação é individual. Podemos dizer algo agora e a pessoa ao nosso lado interpretá-la completamente diferente daquilo que queríamos dizer.
Outro problema, que acontece muito, é a entonação das palavras e a forma como dizemos. Às vezes, por causa da empolgação, acabamos falando de uma forma que produz no outro a sensação de agressividade, gerando desconforto e revolta em quem recebe a mensagem.
Um terceiro motivo muito comum, capaz de causar esse tipo de problema, é quando uma pessoa relata o ocorrido a um terceiro elemento. A maneira como ele diz pode levar o outro ao erro, entendendo a mensagem de forma distinta da proposta inicial.
Existe ainda o fato de que alguns indivíduos são extremamente maldosos, deturpando a mensagem, com objetivo de produzir discórdia entre as partes.
Um problema muito sério na maioria dos casos é quando a pessoa que está recebendo a mensagem a interpreta segundo suas próprias feridas, distorcendo o conteúdo da mesma e transformando-a em um ataque direto do outro contra a sua pessoa.
Poderíamos citar muitos outros elementos fundamentais para que a mensagem não seja compreendida corretamente pelas pessoas, mas o fato é que um pequeno erro de comunicação, ou uma interpretação errônea pode causar muitos inconvenientes.
Existem casos onde amizades foram rompidas, casamentos terminaram, mágoas foram geradas, porque as palavras proferidas, ou as atitudes, causaram feridas no receptor da mensagem.
Nesses casos, é preciso tomar alguns cuidados. O primeiro deles, em caso de dúvida, é procurar a pessoa com quem estiver chateado e ter uma conversa aberta, buscando entender os motivos da outra pessoa, ou até mesmo se ele disse o que você entendeu.
Em segundo lugar, é preciso procurar entender o teor das palavras e se elas realmente foram dirigidas a você. Em muitos casos, nos chateamos sem motivo, pois a direção das palavras, ou atitudes, foi para um terceiro elemento.
Por fim, caso as suas especulações estejam certas, utilize o ensinamento do Senhor Jesus, perdoe o seu ofensor. Afinal de contas, todos nós estamos sujeitos a ferir alguém e precisamos da mesma misericórdia sobre nossas vidas todos os dias.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação