O Amor é Altruísta


Todos os dias encontramos pessoas buscando um milagre. Alguns o querem para si, outros estão à procura para alguém a quem amam. A verdade é que todos, de alguma forma, precisam ver a intervenção de Deus em suas vidas.
A história abaixo é um pequeno exemplo de alguém que decidiu abrir mão daquilo que era seu, para ver outra pessoa sendo abençoada. Ela aponta para busca da realização daquilo que crê na vida das pessoas a quem ama. Vejamos:
“Uma garotinha foi para o quarto e pegou um vidro de geleia que estava escondido no armário e derramou todas as moedas no chão. Contou uma por uma, com muito cuidado. Colocando as moedas de volta no vidro e tampando-o bem, saiu pela porta dos fundos em direção à farmácia Rexall, cuja placa acima da porta tinha o rosto de um índio.
- O que você quer? - perguntou o farmacêutico irritado.
- Estou conversando com o meu irmão de Chicago que não vejo há anos - explicou ele sem esperar uma resposta.
- Bem, eu queria falar com o senhor sobre o meu irmão - respondeu Tess no mesmo tom irritado.
- Ele está muito, muito doente mesmo, e eu quero comprar um milagre.
- Desculpe, não entendi. - disse o farmacêutico.
- O nome dele é Andrew. Tem um caroço muito ruim crescendo dentro da cabeça dele e o meu pai diz que ele precisa de um milagre. Então eu queria saber quanto custa um milagre.
- Garotinha, aqui nós não vendemos milagres. Sinto muito, mas não posso ajudá-la. - explicou o farmacêutico num tom mais compreensivo.
- Eu tenho dinheiro. Se não for suficiente vou buscar o resto. O senhor só precisa me dizer quanto custa.
O irmão do farmacêutico, um senhor bem aparentado, abaixou-se um pouco para perguntar à menininha de que tipo de milagre o irmão dela precisava.
-   Só sei que ele está muito doente e a minha mãe disse que ele precisa de uma operação, mas o meu pai não tem condições de pagar, então eu queria usar o meu dinheiro.
- Quanto você tem? - perguntou o senhor da cidade grande.
-   Um dólar e onze cêntimos, e não tenho mais nada. Mas posso arranjar mais se for preciso.
- Mas que coincidência! - disse o homem sorrindo - Um dólar e onze cêntimos! O preço exato de um milagre para irmãozinhos!
Pegando o dinheiro com uma das mãos e segurando com a outra a mão da menininha, ele disse:
- Mostre-me onde você mora, porque quero ver o seu irmão e conhecer os seus pais. Vamos ver se tenho o tipo de milagre que você precisa.
Aquele senhor elegante era o Dr. Carlton Armstrong, um neurocirurgião. A cirurgia foi feita sem ônus para a família, e depois de pouco tempo Andrew teve alta e voltou para casa.
Os pais estavam conversando alegremente sobre todos os acontecimentos que os levaram àquele ponto, quando a mãe disse em voz baixa:
- Aquela operação foi um milagre. Quanto será que custaria?
A garotinha sorriu, pois sabia exatamente o preço: um dólar e onze cêntimos! Mais a fé de uma criancinha.”

Normalmente, as pessoas são extremamente egoístas, procuram somente a realização para suas próprias vidas. Mas, podemos aprender com essa criança que um milagre pode começar a acontecer quando decidimos abrir mão de nossas próprias vontades, para que outros sejam curados.
Aquela menina abriu mão de suas pequenas economias, a fim de ver seu irmão sendo curado do problema que tinha. Não sabemos para que ela estava juntando dinheiro, qual era seu objetivo. Mas, com certeza, seu amor pelo irmão era muito maior do que qualquer quantia que pudesse juntar.
A Bíblia diz que o amor não é egoísta, ele não busca seus próprios interesses, mas se satisfaz vendo realizado no outro a felicidade que procura para si mesmo. Alguns talvez pensem que o tema principal dessa história seja o milagre, mas na verdade, seu pano de fundo gira em torno de algo muito maior, o AMOR.
O amor se doa a ponto de buscar satisfazer o bem na vida dos outros, mesmo que para isso tenha que abrir mão daquilo que almeja. Ele é extremamente altruísta. Sua felicidade está condicionada a alegria estampada no rosto dos outros.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação