Faça uma Auto-Análise

Certa vez Jesus estava ensinando a multidão que o rodeava e disse algo interessante sobre a importância do homem estar aberto para fazer uma análise sobre sua vida, atitudes e palavras. 

Dizia Ele: 

“Porque reparas tu no que está no olho do teu irmão, e não vez a trave que está no teu olho? Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu? Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão.” (Mateus 7. 5). 

Este ensinamento do Messias é até hoje um dos mais conhecidos dos seus discursos, ele faz parte do sermão da montanha, quando o Senhor deixou uma série de mensagens sobre como deveriam ser as características dos servos de Deus. 

É normal encontrarmos pessoas preocupadas apenas em apontar o erro de outras, sem se preocupar com suas vidas. Mas, o que Jesus está ensinando é justamente o contrário, antes de fazer qualquer tipo de acusação a seu irmão lembre-se de analisar sua própria vida. 

Ao parafrasearmos esse texto veremos que o desejo de Yeshua era mostrar a importância da auto-análise, acompanhada de uma profunda reflexão, capaz de gerar em nós o reconhecimento dos erros e em seguida o desejo de acertar naquilo que erramos. 

Suas palavras apontam para uma reflexão profunda, seguida de arrependimento e compaixão pelo próximo a ponto de ajudá-lo a vencer suas faltas assim como precisamos dele para vencer as nossas falhas. Esse texto aponta para quebra do orgulho e completa submissão a vontade divina através do reconhecimento do próprio pecado. 

Antes de utilizarmos as palavras do mestre como desculpa diante de nossos erros precisamos refletir sobre as faltas cometidas no passado, e que ainda interferem em nossas atitudes do presente, para que possamos acertar. 

Para alcançar a cura é preciso refletir sobre os seus atos, reconhecer onde está errando, se arrepender desses erros e procurar acertar para que possa ter o caráter transformado por Cristo. 

Apontar o dedo para os outros, condená-los por seus atos, é muito fácil, qualquer imbecil pode fazer. Difícil é ser capaz de apontar seus próprios erros, de reconhecer suas faltas e procurar mudança.

Comentários

  1. Mas então é muito simples, vamos nos purificar e podemos purificar nosso irmão, é isso que o SENHOR JESUS passou nesse ensinamento,ele não disse que não era pra tirar o argueiro do irmão e sim que fizessemos uma auto-análise nossa pra poder ajudar nosso irmão, isso é metanóia, fica na graça que é de graça.

    ResponderExcluir
  2. ANTES DE SAIRMOS FALANDO DAS PESSOAS DEVEMOS ANTES OLHAR PARA DENTRO DE NÓS E VER SE NÃO ESTAMOS PIORES.NOS AUTO ANALISAR FAZ COM QUE VENHAMOS A NOS CONHECER MAIS E TAMBÉM NOS FAZ ANSIAR A CADA DIA MAIS PELA SANTIDADE VINDA DO PAI.A VIDA ALHEIA NÃO É DA NOSSA CONTA E NÃO SER QUE SEJA PARA AJUDAR NÃO DEVEMOS ABRIR NOSSA BOCA PARA FALAR DOS OUTROS.MUITO BOM SEU TEXTO.FIQUE NA PAZ DO SENHOR E TENHA UM ÓTIMO DIA!

    ResponderExcluir
  3. Ainda estou lendo algumas postagens , mas já gostei dessa aqui. Sua reflexão está correta, fico feliz em ver um jovem senhor com uma redação tão certinha, coerência, e facilidade no escrever e ainda com o dom de nos fazer ficar curiosos para ler até o fim. Seu blog tem um design muito legal, e os temas propostos são muito inteligentes, me levou a um passado que sinto saudades, homens de fé que eu admirava me ensinaram sobre pecado, obediência, arrependimento. Você nos traz Deus da maneira que gosto de ver, assim como está na palavra. Parabéns! E Paz do Nosso Senhor Jesus Cristo!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação