Parafraseando o que apóstolo Tiago disse certa vez: “de nada adianta ouvir a palavra e não praticá-la”.  Você e eu podemos conhecer muito bem a Bíblia; sermos exímios conhecedores das doutrinas sagradas; etc., se não colocarmos em prática as coisas aprendidas estamos perdidos.
Infelizmente, essa tem sido a marca de muitos cristãos nos últimos dias. Eles vêm à igreja, ouvem a palavra, mas não praticam os ensinamentos. Pior do que isso, a maioria tem vivido problemas sérios em suas vidas, tudo porque nunca deram ouvidos as palavras dos seus líderes.
Temos aprendido que a obediência é uma das vertentes da honra. Dessa forma, não basta ouvir um líder, dar atenção ao que ele está falando, mas obedecer aos seus direcionamentos.
A Bíblia nos conta a história de dois filhos, ambos receberam uma ordem do pai para realizar determinada tarefa. Segundo a história, o mais moço disse que não cumpriria as ordens do pai, pois não queria fazer.
O segundo filho fez uma média, provavelmente abraçou o pai, rasgou diversos elogios, chamou a atenção de todos a sua volta, dizendo que realizaria a tarefa prontamente.
Isso me faz lembrar algumas pessoas, que abraçam, chamam a atenção, mas não são “amigos”.  Gritam para todos ouvirem: “MEU LÍDER!”. Mas, na verdade, nunca obedecem as palavras de ensino.
No final, aquele filho que dissera não querer cumprir a ordem do pai voltou atrás e fez o que ele dissera. Quanto ao filho mais velho, aquele que gosta de chamar a atenção, se mostrou um rebelde bajulador.
Essa é a diferença entre aqueles que honram e os que não honram. O primeiro sempre cumpre a vontade do pai – da liderança - mesmo contra a sua vontade. O segundo, só faz média para chamar a atenção das pessoas, mas sua essência é a desonra.
A Palavra de Deus é bem clara, a honra é um princípio que não pode ser quebrado. Todas as vezes que alguém despreza esse princípio atrai sobre a sua vida condenação (Romanos 13: 7).

A obediência é um dos princípios da honra. Entretanto, não basta conhecê-lo, é preciso praticá-lo. Não despreze os ensinamentos da Palavra de Deus. Torne-se praticante da Verdade, pois infringi-la significa atrair maldição e condenação.


Artigo Publicado no Jornal Filadélfia de Teresópolis.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação