O ALVO DA ADORAÇÃO


A adoração é uma atitude espontânea do coração humano em direção ao objeto a ser adorado. Digo objeto, pois ela pode ser direcionada a qualquer coisa em que o adorador coloque o seu coração.
Existem pessoas que adoram ao Deus vivo, outras levantam outros deuses como dinheiro, carro, casa, natureza e vários outros elementos existem no universo. É bem verdade que algumas divindades são frutos da imaginação humana, e nem sempre condizem com a realidade.
Mas, a verdade é que, a adoração, quando não direcionada ao Eterno, estará sendo ministrada a outra divindade, roubando aquilo que é de direito do Criador.
Segundo a Palavra de Deus, Ele não divide sua glória com ninguém. Sendo assim, todas as vezes que uma pessoa volta a sua adoração a qualquer outro objeto está se distanciando da vontade do Senhor e atraindo maldição sobre a sua vida.
O zelo de Deus quanto à adoração é tão grande que Ele não permitiu fazer nenhum tipo de imagem sua. Quando Israel, ou qualquer outra pessoa, quis fazer uma imagem do Eterno foi repreendido de forma veemente.
A adoração humana precisa estar direcionada a pessoa correta, para não correr o risco de entregar o seu coração a um deus que não existe e que acabará roubando o culto ao verdadeiro Deus.
O Eterno não permite a dualidade na adoração. O coração do adorador deve estar voltado completamente a Ele. Sendo assim, não existe a possibilidade de agradar a Deus com o coração preso em outro lugar.
Portanto, não pode haver outro alvo na adoração do homem, a não ser o Senhor. Qualquer coisa que receba algum tipo de veneração está roubando o lugar do Eterno.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação