QUANTO VALE A SUA IMAGEM?

Nos últimos meses nosso país tem sido bombardeado com as notícias de políticos de primeiro escalão envolvidos em esquemas de corrupção em vários setores. É fato que essas coisas já corriam por debaixo dos panos e a população conhecia essas ilegalidades, mas nunca ficara explícito. 

A palavra corrupção define tudo aquilo que era bom, mas que por algum motivo foi corrompido ou adulterado. Isso significa que outrora havia uma imagem de Credibilidade, todavia, algo fez com que ela fosse destruída. 

Infelizmente, são inúmeros os casos de Homens e mulheres que perderam sua credibilidade, sua moral, sua vida e muitas outras coisas após se corromperem. 

Os casos mais famosos se encontram na política. Aliás, esses deveriam ser o exemplo, possuir um caráter ilibado, uma moral elevada, mas por causa de pequenas coisas destruíram suas reputações. 

Isso não significa que todos se corromperam, com certeza, ainda existem Homens honestos envolvidos com a política. Porém, uma grande parcela se deixou levar pela facilidade em ganhar dinheiro. 

Contudo, não existem apenas políticos corruptos. Em todas as esferas da sociedade é possível encontrar aqueles que “venderam” a sua imagem, seja por cifras exorbitantes ou por um quilo de alimento.  

A mudança passa pela conscientização de que nós precisamos transformar a nós mesmos. Enquanto os eleitores ficarem trocando voto por meia dúzia de tijolos, um jogo de camisa de futebol, um saco de cimento, etc., ninguém poderá exigir mudanças significativas. 

Antes, é preciso compreender a nossa responsabilidade como sociedade, pararmos de nos corromper por merreca e começarmos uma revolução individual. Sei que alguns questionarão dizendo nunca terem se corrompido, mas já votaram em alguém só per ser seu amigo.  

Diante desse quadro lamentável em nossa nação precisamos nos posicionar. Não podemos estar no meio daqueles que se corrompem, mas sermos agentes de transformação para um Brasil melhor!


Pense sobre isto!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação