O Bem Estar nos Relacionamentos


Existem milhares de pessoas vivendo escondidas atrás de sentimentos que apenas destroem os seus relacionamentos. São indivíduos que não conseguem resolver os seus problemas e acabam agindo de forma inadequada.
É como se a única forma de fugir do sofrimento fosse agredindo aqueles que estão a sua volta, destruindo todo tipo de relacionamento que existe por aqueles que os cercam.
O que esse tipo de pessoa não percebe, é que tais atitudes fazem com que todos os que convivem com elas se afastem. A partir daí, a única coisa que sobra é a solidão, amargura e desespero.
Jesus ensinou que a melhor forma de manter as pessoas seu ao redor, é agindo de forma agradável. É tratando a todos da mesma maneira que gostaria de ser tratado por elas.
Todas as vezes que alguém escolhe agir de forma grosseira, seja em atitudes, gestos ou palavras, acabará colhendo o mesmo daqueles que estão a sua volta. Talvez, alguns confundam isso com vingança, mas na verdade, não passa de semeadura.
Há ainda, aqueles que darão a desculpa de que o fazem por que foram feridos no passado, tiveram muitos traumas, e por isso agem dessa forma. Mas, isso não é verdade.
Cada indivíduo é livre para fazer as suas próprias escolhas. Portanto, está apto a escolher entre fazer o bem ou o mal, em tratar bem as pessoas ou causar-lhes dano.
Para que possa ser curado, o indivíduo precisa reconhecer a necessidade de mudança. Não adianta apenas saber que está errado, é preciso assumir esse erro.
Outro ponto importante é o do perdão. Para ser curado desses sentimentos, é preciso aprender a liberar perdão sobre aqueles que o feriram. Em contra partida, é preciso aprender a pedir perdão aqueles a quem tenha causado algum tipo de dano.
Ninguém nasceu para viver tratando os outros mal, da mesma forma que também não nasceu para ser capacho. Basta apenas, que cada um respeite os limites dos outros. O bem estar dos seus relacionamentos depende das escolhas que fará a todo o momento

Comentários

  1. A questão tratar do jeito que quer ser tratado já diz muita coisa, pois raros são aqueles que gostam de ser tratados de forma ruim. Se fizemos a pergunta a nós mesmos se gostariamos de ser tratados assim, veremos se é ou não um bom comportamento. Adorei a reflexão, abraços pastor.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação