TEMPOS DIFÍCEIS

Na carta destinada ao seu amado discípulo Timóteo, o Apóstolo Paulo descreve as características governantes dos indivíduos da geração que antecede a volta do Senhor Jesus. Não é de admirar ao perceber a marca predominante dessa geração: o egocentrismo.
É bem verdade que o Apóstolo da uma relação de atitudes, porém, também é notório como o governo do ser humano estaria ligado, diretamente, a satisfação de seus próprios desejos.
Quando se fala em orgulho, egoísmo, prazeres sem limites, rebelião contra os pais, etc. Essas coisas lhe fazem lembrar alguma coisa? Você já percebeu como a geração atual está mais preocupada com a satisfação dos seus desejos? Já notou como o narcisismo tem tomado conta do ser humano?
Embora muitos, a maioria para ser mais exato, não dá mais a mínima para os princípios da santidade, da paz e da moralidade. A única coisa que importa é "ser feliz" a qualquer preço, mesmo que seja necessário passar por cima de pessoas e princípios.
Diante de todos esses fatos fica evidente como a volta de Jesus está cada vez mais próxima. Basta olhar o mundo a sua volta para perceber como os fatos descritos pelas Escrituras se tornam cada vez mais reais.
Vivemos em um momento singular da história da humanidade, a volta de Jesus está cada vez evidente. A pergunta é: "De que lado você está?". Porque o Mestre Voltará, creia você ou não.
Diante disso, é indispensável estar preparado para esse evento. Isso significa permanecer fiel aos princípios descritos na Palavra de Deus. Dentre eles podemos destacar a santificação, o amor e o perdão. Essa tríade cristã é ferramenta fundamental para nos manter livres do egoísmo marcante dessa última geração.
A santificação mantém nosso relacionamento com Deus. O amor estreita nossos laços afetivos e permite olharmos para o outro com compaixão. O perdão nos leva a abrir mão do orgulho, abrindo o caminho da misericórdia para aqueles que nos ofenderam.
É claro que tais atitudes são confrontadoras. Elas mexem com as estruturas de uma sociedade completamente egoísta e nos colocam na contra mão do sistema. Entretanto, sem elas será impossível encontrarmo-nos com o Senhor. “Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor [...]”. (Hebreus 12. 14).

Fica a pergunta: quando o Messias ressurgir nas nuvens dos céus para buscar a sua igreja você estará preparado?
Pense Sobre Isto!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação