EXCELÊNCIA, UMA QUESTÃO DE CARÁTER

Trabalhando na área de consultoria e treinamento o que mais ouço, todos os dias, é a lamúria de líderes quanto a falta de empenho e esmero de seus funcionários. Em todos os setores, independente do grau de estudo ou classe social, sempre é possível encontrar um “espertinho” tentando fugir da sua responsabilidade e fazendo o seu trabalho de qualquer maneira.

Pior, esse tipo de gente mesquinha ainda tem a cara de pau de questionar, injuriar e, em alguns casos, agredir aqueles que estão fazendo o melhor no seu trabalho. O mundo está repleto de pessoas com esse pensamento medíocre.

Entretanto, fazer as coisas com excelência, dar o seu melhor, é uma das inúmeras características de funcionários excepcionais. Aliás, quando falamos em excelência nos referimos a indivíduos diferenciados, daqueles disputados no mercado de trabalho com unhas e dentes pelas empresas.

Infelizmente, em todas as áreas podemos encontrar indivíduos medíocres, que fazem as coisas de qualquer maneira ou deixam tudo inacabado.

Esse não é um problema apenas das empresas, esse câncer já se espalhou pela sociedade. Existem milhares de profissionais autônomos oferecendo um serviço de péssima qualidade; cônjuges incapazes dar o seu melhor para os parceiros; pais e filhos em um relacionamento secundário... Pessoas medíocres propagando sua mediocridade.

O segredo do sucesso não está no grau de instrução, mas na capacidade de ir além, de dar o seu melhor, de se esmerar nas tarefas, de trabalhar para realizar um serviço de excelência.

Qualquer um pode realizar um trabalho, mas só os excepcionais têm a capacidade de surpreender. Em contra partida, a recompensa vai muito além do valor do seu salário, junto com ele vem o respeito, a admiração e o reconhecimento de todos.

Fazer as coisas com excelência não é apenas uma questão de trabalho, mas a marca de um caráter ilibado. Esse tipo de coisa não tem preço.

E você, tem feito seu trabalho com excelência ou é daqueles que fazem as coisas de qualquer maneira?


Pense sobre isso!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação