A FELICIDADE É UMA ESCOLHA


O objetivo principal da maioria é o de encontrar a felicidade. Nessa odisséia sem fim, alguns se perdem no meio do caminho e nunca conseguem realizar o seu alvo. É como se ela fosse um artefato de luxo, encontrado apenas por poucos sortudos.
Nessa jornada, algumas pessoas passam a vida inteira tentando encontrar do lado de fora aquilo que só pode ser vivido de dentro. Isso mesmo, a felicidade não começa quando se adquiri algum bem material, ela é um estado de espírito e só pode ser encontrada verdadeiramente olhando para dentro.
A felicidade é fruto das escolhas de cada um. Por isso, saber escolher bem faz a maior diferença. Alguns querem encontrar a felicidade sem se preocupar em resolver os conflitos interiores, sem solucionar os dramas da sua alma.
Dessa forma, apoiam suas expectativas na conquista de produtos materiais, deixando de lado a essência, procurando aquilo que é secundário.
A verdadeira felicidade não é adquirida através do ter, mas sim através do ser. Quem você é faz toda a diferença para ser feliz. É uma questão de atitude pessoal, de decisão espontânea do coração.
A verdade, é que tem gente insatisfeita em todos os lugares, seja na favela ou nos palácios, sozinhas ou cercadas de pessoas. O problema não está fora, mas dentro. Cada um escolhe se viverá bem ou mal.
Alguns justificam não serem felizes por causa do lugar onde vivem, das condições financeiras, do grau de estudo e das pessoas a sua volta. Porém, será que isso é mesmo verdade? Afinal de contas, no mesmo lugar onde estão é possível encontrar pessoas felizes.
Outros apoiam sua infelicidade no tratamento recebido por parte dos seus entes queridos, por causa do abandono, da traição e em muitas outras atitudes que geraram algum trauma em sua alma.
Porém, ficar preso a sentimentos de rancor e mágoa também é uma escolha. Deus criou um remédio para essas situações chamado perdão. O problema é que a maioria não quer perdoar, preferem permanecer presos - em seus cativeiros sentimentais - a serem livres.
Essa atitude leva a infelicidade, afinal, ninguém consegue ser feliz com seu coração cheio de amargura, revolta e desejos de vingança. Perdoar é dar um passo em direção a felicidade.
A Bíblia diz que Deus colocou diante do homem a benção e a maldição; a vida e a morte, escolher entre uma delas é uma atitude pessoal e intransferível. Se parafrasearmos o texto será possível perceber que a benção é um sinal de alegria, de prazer e de bem-estar. Ela aponta diretamente para a conquista da felicidade.
Sem dúvida, Deus é a maior fonte de felicidade do homem, escolher andar com Ele pode satisfazer todas as necessidades da alma sedenta do indivíduo. Porém, a maioria prefere tentar saciar essa sede em outros lugares, por isso vivem frustradas.
A felicidade plena depende das escolhas feitas individualmente. Ela está muito mais ligada à realização do ser, do que do ter. Portanto, escolher ser feliz é uma decisão que só você poderá tomar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação