ALTARES QUEBRADOS, VIDAS DESTRUÍDAS

Caro Leitor,
não é de hoje que a rotina das famílias mudou drasticamente. Em todos os lares, desde os mais simples até os mais sofisticados, perdeu-se o temor e a reverência por alguns princípios básicos como a oração, a leitura da palavra e a adoração. Esses fundamentos eram essenciais para a manutenção da unidade familiar.
Infelizmente, com a desculpa da modernização, não há mais um relacionamento afetivo verdadeiro. Pelo contrário, na maioria das casas, inclusive nas cristãs, tudo que se encontra é frieza, insensibilidade, feridas emocionais e distanciamento. As pessoas não passam de estranhos dividindo o mesmo teto.
O lugar outrora conhecido como fortaleza da humanidade hoje possui o maior índice de destruição. Por incrível que pareça, é nos lares onde são produzidos os maiores traumas e feridas na alma.
Como consequência desse fenômeno, estamos vivendo em uma sociedade doente, repleta de mazelas, incapaz de reproduzir outros cidadãos sadios e prontos para conviver em comunidade.
Se antes os pais eram os grandes heróis dos seus filhos, hoje parece que se tornaram os grandes vilões da história; aquela velha cumplicidade familiar deu lugar a grandes e pequenas desavenças. Antigamente as famílias eram sinônimo de credibilidade, atualmente indicam vergonha e dor.
Esse lastimável processo de degradação se deve a perda de alguns valores primordiais para o pleno desenvolvimento do indivíduo como agente produtor da sua própria história. O homem virou as costas para Deus; abandonou as instruções da sua palavra e se desviou do caminho da verdade. Por causa disso, nossa sociedade passou a produzir indivíduos egoístas, materialistas e incrédulos.
Deixamos de lado a adoração; quebramos os altares de oração e eliminamos das nossas tarefas diárias a leitura da palavra, coisas essas que produziam unidade familiar. Como consequência, a maioria vive uma vida medíocre, oscilando entre momentos de angústia e uma pseudo-felicidade.
Sendo assim, é imprescindível que restauremos os altares de oração nas famílias. É preciso trazer de volta para os lares o prazer da busca pela presença de Deus.
Restaurar o Altar de Oração na Família é fundamental para a saúde e o bem estar de todos os seus membros. Mais do que isso, é um clamor de socorro pela restauração da unidade familiar, da amizade, do amor e da adoração.

Que tal fazer parte dessa campanha? Comece você RESTAURANDO O ALTAR DE ORAÇÃO na sua família. Com certeza você se surpreenderá com o cuidado e proteção divina sobre sua casa.

Comentários

  1. parabéns excelente post, esse altar da oração precisa se restaurado.
    Deus te abençoe.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação