O PRIMEIRO LUGAR


A humanidade vive correndo atrás de novas oportunidades, novos conhecimentos, novos empreendimentos, etc. é uma busca incessante para alcançar objetivos incapazes de satisfazer, por completo, suas necessidades.
Se observarmos atentamente, as coisas desejadas hoje perderão seu valor amanhã.  Aquilo que é valioso nesse momento, no futuro já não tem mais valor alguma. A tendência é se desvalorizar a cada dia.
Por isso, Jesus ensinou a buscar em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, pois todas as outras coisas seriam acrescentadas. Isso significa confiar completamente na provisão divina para sua vida.
Ao contrário do que muita gente pensa, isso não significa parar de trabalhar, nem é um chamado a ociosidade. O Mestre estava ensinando aos seus discípulos sobre a importância da renúncia.
Segundo Ele, ninguém pode alcançar as bênçãos de Deus sem antes renunciar suas próprias vontades em prol do Reino de Deus. Para experimentar as coisas prometidas pelo Eterno é necessário, em primeiro lugar, abrir mão das suas próprias vontades.
Pode parecer contraditório, mas é completamente normal em qualquer circunstância. Vamos observar as coisas do ponto de vista corporativista. Um funcionário só alcança determinados cargos de confiança quando é capaz de largar tudo e abraçar a causa da empresa. Na maioria dos casos ele tem que abrir mão até da família.
Um esportista só alcança seus objetivos se abrir mão das vontades do seu corpo. Para ser o primeiro ele tem que mudar sua rotina, sua alimentação, o horário de acordar, o horário de dormir, dentre muitas outras abdicações que precisa fazer para chegar ao pódio.
Um casal precisa deixar de lado muitas coisas até chegar ao altar. Para realizar esse objetivo eles precisam redefinir suas prioridades financeiras, deixar de lado algumas atividades, algumas amizades, etc.
Poderíamos seguir falando de diversas atividades da vida cotidiana onde só se conquista o objetivo se decidir abrir mão de alguma coisa para alcançar outras. Da mesma forma, para vivenciar as promessas de Deus é preciso abdicar de sua vontade para alcançar o Reino de Deus. Não existe outra maneira de fazer isso, se não renunciado a carne, ou melhor, os desejos pessoais.
Não basta tomar algumas atitudes, fazer apenas 99% da vontade de Deus. O Senhor não trabalha com frações, Ele só aceita 100% de você. Isso significa se entregar totalmente, deixando de lado suas próprias vontades, para fazer somente a vontade dEle.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação