A Paz de Cristo


“Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.” (João 14: 27).
Tudo que as pessoas procuram nesses dias é algo que possa satisfazer o desejo de paz e felicidade que abunda em seus corações. A verdade é que, com o passar dos anos, a sociedade tem perdido a esperança de que ela realmente existe.
Principalmente porque, quando se observa o mundo ao redor, a única coisa que se consegue encontrar é a guerra e o temor. É como se todas as tentativas humanas para alcançar a paz fossem inúteis. Em alguns momentos, principalmente nos mais difíceis, parece que ela é apenas uma utopia.
Mas, se analisarmos as palavras do Mestre atentamente, perceberemos que o seu ensinamento envolve algo muito mais profundo do que a paz buscada e desejada pelo homem. Basta olhar para o texto, e veremos logo a diferença.
Quando o Mestre disse isso, Ele estava ensinando aos seus discípulos que a paz dada por Ele é muito mais intensa que o homem pode imaginar. Isso porque, ela nasce na revelação divina de esperança e conforto.
Esse texto é uma mensagem de amor e esperança a todos aqueles que estão sofrendo algum tipo de conflito externo, ou interno. O Messias diz que mesmo nesses momentos não estarão sozinhos, pois o Espírito Santo Consolador estará ao seu lado para lhes ajudar a vencer os desafios. Ela é uma resposta aqueles que estão passando por problemas interiores, mas não sabe como resolver. A paz de Cristo é um balsamo aqueles que precisam receber conforto.
Mais do que um momento físico, onde há ausência de conflitos armados, ela é algo espiritual, que acontece todos os dias a pessoas comuns, que antes não conseguiam viver em paz. Ela é um estado de espírito, onde Deus manda o consolo ao coração humano.
É por causa dessa paz que pessoas, aparentemente comuns, conseguem passar pelos seus problemas cantando, glorificando e exaltando ao Deus de sua salvação. Ela é um refrigério para alma do aflito. Como disse o apóstolo Paulo, a Paz de Cristo é algo tão profundo, que excede o entendimento humano.
Ela é a certeza de que em momento algum o Espírito Santo nos abandona. Através dessa paz, temos a fé de que o Mestre está ao nosso lado, direcionando nosso caminho, consolando nosso coração e trazendo refrigério para nossa alma.
Jesus não dá uma paz limitada, que depende das circunstâncias humanas para existir. Ele derrama sobre o homem da sua maravilhosa graça, capaz de trazer paz ao coração, mesmo nos momentos mais difíceis.

Comentários

  1. Cada ser humano que se esforça por levar a Palavra da verdade é uma ferramenta nas mãos de Deus, o fruto muitas vezes não se vê, mas creio que também não é o importante, o importante é fazer aquilo que está dentro do coração, sabendo que isso vai glorificar o Criador, e de alguma maneira ajudar o nosso próximo. O dar sem esperar receber, traz-nos alegria, porque estamos a dar o nosso melhor. É este o alvo da minha visita, incentivar a continuar o esforço , na alegria de falar das maravilhas do nosso Salvador. Que sua vida brilhe mais e mais a cada dia. Se desejar fazer parte de meus amigos virtuais é só clikar. Faça-o de forma a que possa seguir também seu blog. As minhas cordiais saúdações em Cristo Jesus.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação