DE QUAL LADO ESTAMOS?

Existem aqueles que se alegram com a desgraça (queda) alheia; existem aqueles que sentam e choram junto; mas, existem aqueles que não se conformam e estendem a mão para ajudar a levantar.

Aliás, muitos ficam de camarote torcendo pela queda do outro, como se fosse uma grande vitória, quem sabe uma vingança pessoal, ver o outro se “dando mal”. Infelizmente, vivemos em um tempo em que o egoísmo tem tomado o lugar do altruísmo.

É preciso voltar à essência e reaprender o sentido de amor ao próximo, de ajudar o outro nas suas necessidades. Como disse o apóstolo Paulo: “Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo.” (Gálatas 6. 2).

De qual lado estamos?


Pense sobre isto!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação