O SEGREDO DA PROSPERIDADE

Às vezes buscamos tanto alcançar o sucesso na vida dos outros que acabamos nos esquecendo trabalhar pelo êxito em nossas próprias vidas. Isso não se trata de egoísmo, mas é um princípio básico, ensinado, inclusive, por Jesus.
Só podemos dar aquilo que temos. Uma pessoa fracassada é incapaz de ensinar outras a encontrar o caminho do sucesso. Você já reparou como trabalhamos incansavelmente por uma mudança na vida dos outros e esquecemos-nos de mudar as nossas vidas?
Creio que um dos maiores problemas em relação ao sucesso seja a conceituação equivocada do termo. Atualmente, atrelou-se o sucesso a parte financeira, dessa forma, é bem sucedido aquele que enriqueceu. Entretanto, a riqueza pode ou não significar êxito.
Muitos têm uma vida financeira excelente, mas a família está destruída e a vida espiritual morta. Isso é um caos e não indica, de forma alguma, sucesso. Em contra partida, também encontramos pessoas vivendo na pobreza e com os lares destruídos, sinal de que algo também está errado.
Outro problema grande, que vem causando muita confusão, é a questão da prosperidade. Confunde-se prosperidade com possuir muitos bens, ter uma quantia exorbitante na conta bancária e ser famoso. Todavia, isso também não é sinal de sucesso, ou prosperidade. Tampouco o inverso é verdade.
Então, o que é o sucesso? Enfim, a prosperidade é um fenômeno indicador de plenitude para o corpo, a alma e o espírito. Ela se torna evidente na vida de uma pessoa quando todas as áreas estão em sintonia.
Jesus definiu essa prosperidade com o termo “bem-aventurados”. Embora nossa tradução em português seja limitada, no original ela indica uma alegria plena que alcança o homem em todas as esferas. Isso significa que uma pessoa pode ser feliz independente das circunstâncias a sua volta.
Um bom exemplo disso são os apóstolos e profetas, do passado e do presente. Todos eles são considerados indivíduos de sucesso, porém passaram por diversos sofrimentos e desafios, mas sempre permanecendo com sua fé inabalável.
Para finalizar, Jesus declarou certa vez: “Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma?” (Mateus 16:26). O segredo do sucesso está na convergência de corpo, alma e espírito em prol do cumprimento do projeto divino.
É bem verdade que Ele estava apontando diretamente para a salvação. Todavia, o Mestre conhecia a estrutura humana, e sabia da sua necessidade básica em todas as esferas da vida. Sendo assim, compreendia que para ser bem-aventurado a sua alma deveria permanecer sadia.

O segredo da prosperidade não está na riqueza, nem na pobreza, mas entrega total a vontade de Deus. Quando isso acontece todas as áreas da vida convergem para o propósito principal que Ele nos criou.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação