A PATERNIDADE É UM LEGADO

Muito tem sido falado nos últimos dias sobre paternidade na igreja. Normalmente levando para o lado espiritual e, consequentemente, para o relacionamento com Deus Pai. Contudo, não podemos ignorar a importância desse relacionamento para uma vida humana saudável. Isso porque, quando Deus estabeleceu esse relacionamento, seu objetivo era deixar para o homem um legado para gerações futuras, além de tipificar o arquétipo de paternidade divina.

Dessa forma, quando falamos em paternidade, estamos estabelecendo um padrão de relacionamento entre um adulto e uma criança, com objetivo de moldar o coração e o caráter do infante, a fim de que se torne um adulto consciente de suas tarefas, de seu comportamento e relacionamentos.

O problema é que a queda trouxe uma distorção em relação a essa tarefa deixada pelo Criador. Por causa do pecado os pais foram, gradativamente, deixando de lado sua responsabilidade, sobrecarregando a figura materna com inúmeras atividades familiares e tornando-se meras figuras decorativas dentro do lar.

Entretanto, o propósito inicial de Deus era que o homem assumisse seu papel de pai, acolhendo os seus filhos em amor e ensinando-lhes através de suas palavras e exemplos de vida o caminho correto para uma vida saudável e feliz.

Quando um pai deixa de exercer essa tarefa com seus filhos, acaba causando inúmeros problemas emocionais, familiares e sociais. Emocionais porque atinge a criança e seus sentimentos. Familiares, pois causa desordem na estrutura familiar estabelecida pelo Criador como modelo de segurança para o indivíduo e social, pois abandona a tarefa de educar a criança para conviver em harmonia com os seus semelhantes. Como consequência são formados indivíduos egoístas, traumatizados e sem referência paterna.

A paternidade é um legado deixado de pai para filho. Mais do que apenas gerar, ela é uma missão delegada por Deus para o indivíduo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APONTAR O DEDO É FÁCIL, DIFÍCIL É ESTENDER A MÃO

Troca de Valores

A Quebra de Princípios Gera Condenação